quinta-feira, 28 de novembro de 2013

Manhã de escuridão em mim By Janete Sales Dany



Manhã de escuridão em mim
Tristeza que chega e não tem fim

Eu me isolo e choro
Um lamento escondido
Na frente dos outros eu me calo;
o meu gemido é contido

Meu mundo vazio voltou e está de novo comigo

E o hoje se parece com o ontem que foi perdido
A solidão veio de novo me abraçar,
com os seus braços largos parece querer me esmagar


Na minha visão as ruas estão escuras e desertas,
mesmo que haja o sol lá fora
E dentro de mim se faz tempestade;
cada pingo que cai é a minha alma que chora!

Janete Sales - Dany



Licença Creative Commons
O trabalho Manhã de escuridão em mim...by Dany de Janete Sales Dany foi licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-SemDerivados 3.0 Não Adaptada.

2 comentários:

  1. Respostas
    1. Zeneide Cabral...que linda surpresa!
      Boa tarde minha querida amiga!
      Obrigada pela linda presença
      Muita paz e felicidades
      Beijos no coração

      Excluir